Dacriocistorrinostomia

As lágrimas são produzidas nas glândulas lacrimais e, através do piscar, passam pelos pontos lacrimais, pelo saco lacrimal, pelo ducto nasolacrimal e, finalmente, pelas fossas nasais.

Quando o lágrima está bloqueada, as lágrimas não podem ser drenadas e transbordar na pálpebra. O acúmulo de lágrimas pode desencadear um infecção ocular grave.

La dacriocistorrinostomia endonasal ou externa É uma técnica que ajuda remover obstrução do ducto lacrimal drenar as lágrimas, combater lacrimejamento excessivo e diminuir infecções do saco lacrimal.

Dacriocistorrinostomia

As lágrimas são produzidas nas glândulas lacrimais e, através do piscar, passam pelos pontos lacrimais, pelo saco lacrimal, pelo ducto nasolacrimal e, finalmente, pelas fossas nasais.

Quando o lágrima está bloqueada, as lágrimas não podem ser drenadas e transbordar na pálpebra. O acúmulo de lágrimas pode desencadear um infecção ocular grave.

La dacriocistorrinostomia endonasal ou externa É uma técnica que ajuda remover obstrução do ducto lacrimal drenar as lágrimas, combater lacrimejamento excessivo e diminuir infecções do saco lacrimal.

O que é dacriocistorrinostomia?

As pessoas que têm algum tipo de obstrução de maneira lacrimal freqüentemente sofrem de infecção no saco lacrimalmais conhecido como dacriocistite aguda.

Quando esse tipo de infecção ocorre pela primeira vez e não se manifesta de forma grave, é comum o oftalmologista decidir tratá-la com a ingestão de medicamentos, antibióticos e antiinflamatórios.

Em alguns pacientes, a dacriocistite aguda se torna uma condição recorrente. Nesses casos, o mais aconselhável é drenar o lágrima entupida através de uma dacriocistorrinostomia.

A dacriocistorrinostomia é uma técnica que permite ao oftalmologista crie um caminho alternativo de comunicação entre o saco lacrimal e a narina através de uma pequena incisão.

A dacriocistorrinostomia tem como alvo:

  • Drenar lágrimas presas no caminho ou saco lacrimal.
  • Combater lacrimejamento excessivo da pálpebra para as bochechas.
  • Pare sintomas como excesso de legañas no olho e vermelhidão nos olhos.
  • Lute contra infecções recorrentes do saco lacrimal.
  • Retire a protuberância que geralmente se forma no canto interno do olho, mais conhecido como mucocele.

Esta técnica cirúrgica pode ser combinada com um dacriocistectomia (retirada do saco lacrimal).

Como é o procedimento?

A dacriocistorrinostomia consiste em criar uma abertura no osso nasal que serve como uma via alternativa para a drenagem lacrimal.

Essa abertura pode ser realizada de duas maneiras, que veremos abaixo.

Dacriocistorrinostomia endonasal

La dacriocistorrinostomia endonasal é técnica oculoplástica para drenar o duto lacrimal mais moderno e mais usado.

Consiste na introdução de um endoscópio na cavidade nasal que orientará o oftalmologista a saber em que área exata do saco lacrimal deve aplique o laser o que permitirá comunicar o ducto lacrimal e as narinas.

A dacriocistorrinostomia endonasal oferece ao paciente solução para dacriocistite sem fazer incisão na pele, com menor taxa de hemorragias e menor período de pós-operatório doloroso.

Dacriocistorrinostomia

Dacriocistorrinostomia externa

A dacriocistorrinostomia externa é realizada criando um incisão na pele para remover o osso lacrimal e conectar a mucosa nasal acima de um ducto de silicone.

Os dois tratamentos eles podem ser feitos em nível ambulatorial sob o efeito da anestesia local.

É comum que, após uma dacriocistorrinostomia, o paciente volte para casa com um prótese isso ajuda a manter o novo canal de drenagem aberto e permite a permeabilidade correta ao rasgo.

Pós-operatório simples e descomplicada

O período pós-operatório da dacriocistorrinostomia é muito simples.

Na maioria dos casos, o oftalmologista prescreve o paciente medicamentos anti-inflamatórios, antibiótico profilático y descongestionante nasal.

O tratamento e a prótese de drenagem devem ser mantidos pelo tempo que o médico considerar necessário, de acordo com avaliações pós-cirúrgicas.

A dacriocistorrinostomia é um procedimento que geralmente não gera complicações significativas.

Após a cirurgia, a pessoa pode apresentar inflamação y sangrando.

dacriocistorrinostomia price

A maior complicação que pode ocorrer no período pós-operatório de uma lágrima bloqueada é a fechamento do ducto nasolacrimal pela formação de tecido fibroso.

Se isso acontecesse, seria necessário realizar uma nova dacriocistorrinostomia.

Resumo
Dacriocistorrinostomia endonasal ou externa, este é o pós-operatório
Nome do artigo
Dacriocistorrinostomia endonasal ou externa, este é o pós-operatório
Descrição
A dacriocistorrinostomia consiste na drenagem do ducto nasolacrimal. Você quer saber como é feito e seu pós-operatório?
autor
Nome do editor
Área Oftalmológica Avanzada
Logotipo do Editor