As lágrimas são muito importantes para a saúde ocular, pois são responsáveis ​​por hidratar e limpar todas as partes da estrutura ocular. Porém, quando sua produção é excessiva, torna-se um problema e causa olhos vidrados. 

Os olhos vítreos também são conhecidos pelo nome de olhos chorosos. Esta anomalia é bastante comum e é caracterizada por um lagrimeo excessivo e constante que pode irritá-los. Eles são um sintoma de várias patologias, como alergias ou infecções. 

En Área Oftalmológica Avanzada Explicamos o que são olhos vidrados e quais são suas principais causas. 

olhos vidrados

Como estão os olhos vidrados?

O lacrimejamento excessivo é um sintoma muito incômodo, associado a diversas doenças, como olho seco ou o conjuntivite. Por esta razão, olhos vidrados manifestar-se de maneiras diferentes dependendo da causa

Uma das principais consequências dos olhos lacrimejantes é a irritação da estrutura ocular. Além disso, o alagamento constante é muito incômodo para o paciente e atrapalha sua visão correta.  

Este lacrimejamento excessivo é conhecido na oftalmologia pelo nome de epiphora e pode ser acompanhado por outros sintomas, como: 

Causas

Olhos vítreos podem ser causados ​​por uma variedade de condições e quase sempre é um sintoma leve e transitório que desaparece depois de alguns dias. As principais causas de olhos vidrados são: 

Alergias

As alergias Eles podem afetar diferentes partes do corpo. Quando uma pessoa entra em contato com um fator alergênico, como poeira ou pólen, o sistema imunológico reage incorretamente, aumentando a produção de histamina. 

A liberação desta substância causa lacrimejamento, conjuntivite alérgica, coceira, urticária ou dificuldade respiratória, entre outros sintomas. Felizmente, os sintomas de alergia desaparecem rapidamente com administração de medicamentos anti-histamínicos

Infecções

As infecções oculares que afetam a parte frontal do olho podem causar lacrimejamento excessivo. As infecções às vezes ocorrem como resultado de bloqueio de uma glândula lacrimal. Isso pode levar ao acúmulo de lágrimas nas pálpebras, inflamação, dor ou vermelhidão, entre outros sintomas. 

Uma das infecções oculares mais comuns é conjuntivite infeccioso. Esta doença é altamente contagiosa e causa olhos vidrados, secreção ocular, rubor, vermelhidão dos olhos e dor. 

Fadiga visual

La fadiga visual é muito comum quando o paciente tem um erro de refração mal corrigido ou não diagnosticado. Isso faz com que o paciente seja forçado a forçar inconscientemente os olhos a ver melhor. 

Como conseqüência de esforço visual excessivo, a visão fica cansada e pode causar lacrimejamento excessivo, visão turva, sensibilidade à luz, dor de cabeça e até tonturas. 

Olho seco

El olho seco é uma doença crônica que muito importante afeta a saúde da estrutura ocular. Quando um paciente apresenta secura excessiva nos olhos, as estruturas oculares não são suficientemente lubrificadas e ocorre uma série de sintomas.

Parece contraditório que o olho seco causa lacrimejamento excessivo, mas a verdade é que muitas vezes, olhos vítreos ocorrem como conseqüência de um processo irritativo, como a síndrome do olho seco. 

Na maioria dos casos, o olho seco é causado porque a lágrima não tem uma boa composição lipídica e incapaz de manter a superfície ocular devidamente lubrificadaComo córnea. Como consequência, existe uma irritação ocular que pode causar olhos vidrados, dificuldade em ver as telas, dor nos olhos, queimação e sensação de grit dentro dos olhos. 

olhos brilhantes

Uso excessivo da tela

Na era digital, as pessoas passam grande parte do tempo usando telas. Acontecer muitas horas na frente do computador sem fazer pausas visual, pode causar fadiga ocular, olhos vidrados, dor de cabeça e visão turva. 

Lentes de contato

Outra causa comum de olhos vidrados é uso de lentes de contato. Quando o paciente abusa do uso de lentes de contato ou não as remove para dormir, pode ocorrer um episódio de olhos lacrimejantes. Também é importante lavar e desinfetar adequadamente o lentes de contato e seu caso para evitar infecções oculares. 

Como curar olhos brilhantes?

Tratando olhos vidrados pode variar dependendo de sua causa. Por esse motivo, é muito importante ir ao oftalmologista para examinar a estrutura ocular e determinar o que está causando os olhos vidrados. 

El tratamento para olhos brilhantes dependendo da causa, pode ser: 

  • Medicamentos anti-histamínicos para combater processos alérgicos. Se o paciente sofre constantemente de alergias, é aconselhável ir ao alergista para fazer os respectivos exames e optar pelo tratamento preventivo. 
  • o gota de olhos Antibióticos são prescritos para tratar infecções oculares. Esses medicamentos ajudam a combater infecções rapidamente, pois são aplicados diretamente na estrutura do olho.
  • El tratamento da síndrome do olho seco pode variar de acordo com o grau da doença e os sintomas do paciente. Atualmente não há cura definitiva para olhos secos. O desconforto geralmente é aliviado com colírios e lágrimas artificiais
  • El usando óculos ou lentes de contato ajuda a lutar fadiga visual causado por um erro de refração. 

Fatores de prevenção de olho vítreo

Coloque em prática dicas para evitar olhos vidrados:

  • Lave as mãos com sabonete antibacteriano várias vezes ao dia. 
  • Não toque nos olhos com as mãos sujas. 
  • Desinfete adequadamente seus óculos ou lentes de contato.
  • Não durma com suas lentes de contato. 
  • Quando estiver trabalhando no computador, descanse os olhos a cada 20 minutos por 20 segundos.
  • Mantenha um bom higiene das pálpebras
  • Verifique sua saúde ocular anualmente. 
  • Não empreste a outras pessoas seus itens pessoais, como maquiagem, toalhas, lentes de contato, etc. 

En Área Oftalmológica Avanzada Somos especialistas no diagnóstico e tratamento de olhos vidrados. Entre em contato se tiver lacrimejamento excessivo ou qualquer outro desconforto na estrutura ocular. Teremos o maior prazer em atendê-lo!

Resumo
O que são, causas e prevenção de olhos vidrados
Nome do artigo
O que são, causas e prevenção de olhos vidrados
Descrição
Os olhos vítreos também são conhecidos como olhos lacrimejantes. Esta anomalia é bastante comum e é caracterizada por lacerações excessivas e constantes que podem irritá-los.
autor
Nome do editor
Área Oftalmológica Avanzada
Logotipo do Editor